Síndrome do túnel do carpo

O túnel do carpo é uma estrutura anatômica que se localiza entre a mão e o antebraço por onde passam os tendões flexores, que são revestidos pelo tecido sinovial. Síndrome do canal do carpo é a doença decorrente da compressão de todas estruturas dentro desse túnel, sendo que o nervo mediano é o mais frágil, o que resulta em sintoma de dormência, formigamento e dor na mão.

Para diagnosticar essa doença, podem ser efetuados dois testes diferentes: o teste de Phalen e o teste de Tinel. No primeiro teste, o paciente mantém o punho dobrado durante um minuto para que seja avaliado o aparecimento de dormência na mão. Já o teste de Tinel consiste em percorrer o trajeto do nervo mediano. Caso o paciente sentir um choque, pode ser a síndrome. Em alguns casos, o ortopedista pode solicitar a eletroneuromiografia.

O tratamento varia de acordo com a gravidade da lesão. Em casos mais simples da doença, é recomendado o uso de órtese noturna, para evitar que o paciente durma sobre as mãos dobradas por tempo prolongado. A fisioterapia é um grande aliado no tratamento da síndrome. A persistência dos sintomas é algo comum, podendo ser revertido com a infiltração de corticoide no espaço do túnel, sendo esse procedimento seguro quando guiado por ultrassonografia. Por fim, na falha de todos os anteriores, é indicado o procedimento cirúrgico, o qual é realizado sob anestesia local, com uma incisão de cerca de 2 centímetros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua consulta!